Recomendação: H.P Lovecraft. O cão de caça e outras histórias

bannerblog

A recomendação de hoje foje um pouquinho dos padrões quanto a escrita deste artigo, mas nada a se horrorizar! Hoje vamos falar de um dos mestres do horror e ficção científica, H.P Lovecraft!

Se tu nunca leu um livro ou conto dele, então talvez deva ter ouvido falar de uma de suas mais ilustres criações, o Cthulhu. Lovecrat criou um universo onde Deuses e outras entidades sinistras –e alienígenas- ainda vagam pela Terra, com cultos e cidades ainda escondidas dos olhos comuns. Se você tem um espirito aventureiro e acha que tem uma mente de ferro, vamos lá comigo por essa jornada de Lovecraft e mangá. E não esqueça o necronomicon!

MrNobody_Planche_1A editora JBC lançou este ano essa incrível coleção de três histórias de Lovecraft adaptadas para mangá pelo artista Gou Tanabe, lançado em 2014 pela editora Enterbrain. Se vocês acompanham o blog, essa editora lança bastante obras seinen, uma bem popular no momento: Sakamoto desu ga. Essa obra não foi serializada nem nos estados unidos e temos aqui a oportunidade de ver o que Tanabe-sensei expressou sobre os contos perturbadores de Lovecraft.

Para que fiquem mais por dentro das coisas, Howard Phillips Lovecraft foi um escritor americano que nasceu em 20 de Agosto de 1890 e faleceu em 15 de Março de 1937 aos 46 anos. Na verdade, esse cara hoje que faz tanto sucesso e inspirou grandes escritores como Stephen King, não foi sensação na época. Era difícil conseguir que suas histórias fossem publicadas e elas também não chamaram taanta atenção assim. A sua história mais famosa é O chamado do Cthulhu. N artigos sobre Lovecraft diziam que ele não era uma pessoa muito social e nem muito confiante, e muitos de seus contos foram tirados literalmente de seus mais loucos pesadelos. Imagina só, que loucura você sonhar com…a coisa no umbral? Não, eu passo esse tipo de mente criativa hein?

O livro aborda três histórias:

– O templo

– O ção de caça

– A cidade sem nome

MrNobody_Planche_3Ao comprar o livro em questão, fiquei super hiper animada e claro como boa procrastinadora, demorei quase dois meses para finalmente ler. Minha opinião sobre esse material é bem curta e direta. Fisicamente a edição é uma beleza. Capa com excelente acabamento, destaque no titulo, esquema de cores perfeito, orelha e todas as coisas que amamos. Eu não tenho certeza sobre o tipo de papel, mas não me fez ficar cega lendo como normalmente o offset faz, apesar de achar que é offset, só porque Lovecraft é muito sinistro e quase todos os quadros são escuros.

E a parte mais importante: Sim, é perturbador! Causa aquele frio na barriga, aquela estranheza, a sensação de que tem algo aqui ou ali fora do seu campo de visão.  A adaptação passa de modo satisfatório o horror de Lovecraft, mas não posso mentir, ainda não senti aquele fator crítico da sua narrativa, aquele ritmo eufórico que a escrita de Lovecraft vai tomando ao longo dos textos. E claro, por termos o apoio visual dos quadros, deixamos que nossa imaginação seja bem preguiçosa e um pouco menos instigada, outra das maravilhas de se ler Lovecraft que se perde por conta da imagem. O traço da adaptação é excelente com expressões adequadas e criaturas saídas de pesadelos muito bem desenhadas!

Os contos de Lovecraft sempre me passaram a impressão de tratarem (levado a um nivel bem extremo) de como a ganância e curiosidade humana podem acabar mal. Pode ser simples, mas essa é a minha leitura vertical da maioria das obras dele.

tumblr_inline_ndx0ykbjTb1t3wsc5E estão aí também os motivos que podem levar você leitor, a comprar essa adaptação mesmo não sendo leitor de mangás. Uma nova luz sobre alguns contos de Lovecraft nunca machucou ninguém, não é mesmo? Bem…aposto que tem um conto sobre isso me provando errada.

Essa autora aqui é terrivelmente medrosa e facilmente impressionada pelo oculto, sobrenatural, o sinistro. Mesmo assim, eu persigo loucamente obras desse tipo. Para mim o medo é um dos sentimentos mais fortes que a leitura pode estimular e por isso eu não poderia viver sem volta e meia retornar a esse universo insano do desconhecido de Lovecraft. E você, será que vai se tornar mais um dependente de seus contos loucos? Me conte nos comentários o que você achou também e até a próxima recomendação!

Anúncios
Esse post foi publicado em mangá, Resenha e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s