Resenha: Sora no Shita Yane no Naka

blog

Oi galera! Quase não faço a resenha hoje porque a Netflix colocou ótimos filmes novos lá no catalogo e eu estava vendo alguns coreanos. Ainda vou baixar outros futuramente, sobrenatural e comédia são coisas bem legais de se ver desse pessoal.

Enfim, hoje vou falar pra vocês sobre um mangá que eu postei na minha page no facebook (Lízi, A Devoradora de Mangás) e super hiper mega plus com abas 2.0 me identifiquei! Eu acredito que muitos leitores vão se identificar também!

Título: 空の下屋根の中
Gêneros: Comédia, seinen, slice of life
Roteiro: Futami Sui
Ilustrador(a): Futami Sui
Ano: 2008
Editora: Houbunsha
Serializado em: Manga Time Kirara e Manga Time Kirara Carat
Licenciado no Brasil? Não, mas bem que podia!

Nessa resenha, como de costume não teremos spoilers de momentos chave do enredo, eu vou conversar com vocês sobre essa obra e então cabe a vocês decidirem se ela corresponde ao seu gosto literário ou não, ok?

Então para começarmos, vamos ver o termo NEET.

NEET: Termo que se usa para designar uma pessoa que não está estudanto, trabalhando ou treinando. O acronomo NEET foi primeiro utilizado no Reino Unido, mas depois se espalhou para outros países, ainda sendo mais popular no Japão, Coréia do Sul e Taiwan. Em inglês fica assim: Not in education, employment, or training”. Existem diversos motivos para que a pessoa se torne um NEET, mas vamos dividir em dois grupos: ou a pessoa tem problemas para lidar com a inserção na sociedade ou é puramente preguiçosa. Para quem gosta de no game no life, este termo é muito utilizado lá, especialmente na novel. Outra obra que utiliza esse termo é kamisama no memochou, nunca assisti até o fim, mas a protagonista é uma NEET. Ainda mais um pouquinho antes de começar de fato a resenhar, não vamos criar um pré conceito disso tão pesado. Dependendo do motivo para a pessoa se tornar um NEET, não existe nada a se fazer, hm? E você, é um NEET? Pense bem 😉

sora-no-shita-yane-no-naka-3703837-207x300Well, nossa protagonista acabou de se formar na escola, yay! Acabou os dias de estudo sem fim, acordar cedo, lidar com atividades que desgosta e tudo de chato que existe na vida escolar, principalmente em escolas japonesas onde a coisa é beem puxada (vocês podem ver um vídeo do canal da camila pipoca, que mora no Japão desde pequenininha, ela fala bem falado sobre as escolas e é uma fonte confiável!). Agora que nossa protagonista está formada, existem dois caminhos a seguir: faculdade ou trabalho. Lá no Japão é assim, mas e aqui? Bem, eu também vejo desse modo, exceto que durante o tempo em que estamos estudando também trabalhamos, e não só os trabalhos de meio periodo, como integrais, dependendo das necessidades da familia ou de si mesmo (não que isso não aconteça lá, hein!), mas durante a faculdade, ao invés de nos focarmos nos estudos mais ainda, muitos trabalham em período integral, ou fazem duas faculdades, vários cursos…bem, tem gente até que já tem filhos pra cuidar enquanto cursa um ensino superior. Não deve ser tãão distante no Japão, mas como não posso afirmar, se estiverem curiosos, por favor pesquisem ao seu bel prazer~!

sora-no-shita-yane-no-naka-3703897-207x300Nossa bela protagonista é uma pessoa muito simples e ao mesmo tempo exigente. Ela não faz ideia do que fazer e nenhum tipo de serviço ou curso superior atrai suas mágicas exigências. Atualmente ela não sabe como e nem tem muita motivação para se inserir na sociedade como uma verdadeira adulta, ou seja, uma pessoa com responsabilidades que trabalha! Mesmo que sua mãe entenda direitinho como ela é e como se sente, ela logo percebe que depois de tanto tempo pensando no que devia fazer, se tornou uma NEET! Essa garota é uma NEET vítima de questionamentos e dificuldades muito comuns hoje em dia. Como todos sabem é muito dificil achar emprego, sequer um estágio que te pague mal e abuse de você. Você pode dar tudo de si, fazer loucas seleções, investir bastante no seu currículo e continuar sem um puto para pagar as contas! Atualmente não existe garantia alguma de que de qualquer jeito tu vá conseguir ter uma vida profissional sossegada e se aposentar com segurança financeira e nossa protagonista descobre que…essas coisas são muito importantes! Apesar de tentar muito arranjar um emprego, ela não consegue ter vontade alguma de se matar na concorrência acirrada e nem entende direito sobre recessão economica, beneficios, impostos, nada disso…mas ela precisa trabalhar e isso martela a sua cabecinha todo santo dia, enquanto ela realmente tenta, do modo dela, sem parar…apesar de bem lento.

O primeiro passo para arranjar algo é sair de dentro de casa e ir a instituições que oferecem diversas vagas em diversas áreas, todo mundo sabe disso né? Sim, 2016, whatsapp e skype e tu precisa sair de casa pra conseguir um emprego, mesmo que ele consista em trabalhar de casa. Existem daí outros quinhentos que é passar pelo pessoal do RH (nem benzendo hard as vezes) e estar a par das exigências do mercado. Fora que trabalhar 8h ou mais,contando o tempo de deslocação até o local de trabalho pode tirar completamente seu tempo livre né? Nossa protagonista começou a achar que um emprego era algo muito hardcore para ela no momento e resolveu pegar levinho e começar com um trabalho de meio período. No Japão geralmente esse tipo de coisa é feita por estudantes, me parece que você pode ser visto como fracasso total na sociedade se tiver mais de 30 e ainda fizer isso, mas isso é algo que vejo em mangás e filmes, não tenho certeza realmente.
OK! Nossa protagonista que prefere pensar em soluções eficientes para problemas pequenos e sem importância consegue então um trabalho de meio período em uma loja de brinquedos e a partir daí, aos poucos as suas duvidas e temores sobre o mundo do trabalho são resolvidas por colegas e amigos. Também vemos o outro lado da coisa, onde um dos colegas se torna um salaryman e se dá bem, apesar de não ter tempo pra nada ~ bom, é basicamente isso que acontece mesmo. Quando tu estuda geralmente tem tempo de vadiar, mas depois as responsabilidades só aumentam e apesar de tu ter dinheiro, quase todo ele vai em contas e supermercado e de repente tu começa a ver aquela doce época se partindo em stress, ansiedade e descontentamento com a vida, por isso é muito importante dar um jeitinho de ter algum lazer -saudável- e aquele tempinho para cuidar de si mesmo.

sora-no-shita-yane-no-naka-3999653-207x300Apesar de estar tecnicamente vivendo a vida perfeita, bem na moleza, nossa protagonista avoada começa a aterrisar no chão e pensa que está mais que na hora de focar no ‘job hunting’ outra vez e dessa vez atirar para todos os lados até um emprego sair! O que será dela? O que acontecerá com sua grande desmotivação? Well, é só ler 😛

O mangá não é longo e é num estilo 4-koma, gostei bastante dele pelos questionamentos normais. Ao invés de você ajudar a si mesmo e a sociedade em coisa alguma, é melhor deixar a vida NEET de lado e encarar seus temores (ou procurar ajuda profissional para isso!) e entrar logo no mercado de trabalho. Infelizmente, trabalhar é algo que todo mundo tem que fazer, a menos que você tenha nascido em um berço de ouro, daí…pode ir ali no X, por favor, que eu dou duro a vida toda u_u é importante ter cursos, saber idiomas, ter alguma especialidade comprovada em diploma, estar de mente aberta para novas situações e sempre prestar atenção nas oportunidades e seus benefícios. Meu irmão sempre me diz que se tu puder achar algo que tu pelo menos atura de boas, então está aí a melhor profissão que tu pode seguir, pois um dia de trabalho em algo que tu gosta nunca será um dia de trabalho. Um dos questionamentos da protagonista me atraiu muito, aquela pergunta sobre o porque de termos que trabalhar, já que é um saco, toma tempo e tem muita cobrança e stress envolvidos…mas acho que a resposta para isso, além da resposta lógica, é aquela que encontramos com nossas próprias reflexões. Porque vocês trabalham ou querem trabalhar? Para que, para quem, por que. Coisas que devemos sim nos questionar. Esse mangá é ótimo para quem está vivendo como NEET, para quem acha que isso é algo suuper legal ou para quem está na mesma situação da protagonista também! Por muitos anos eu estive lá como ela, e se esse mangá estivesse lá na minha frente quando isso aconteceu, seria muito mais tranquilo pra mim. Espero que a leitura possa ajudar muitas outras pessoas que estão entrando no mercado de trabalho ou na sociedade adulta no momento. É um pouco assustador sim, meio dificil mesmo, mas isso passa!

sora-no-shita-yane-no-naka-4004643-207x300Essa resenha foi bem tranquila e bem fácil de escrever, como fiz ela para compartilhar um problema global, não tenho muito como criticar a obra. O traço? Eu não ligo, mas se você se importa, tem umas partezinhas bem tosquinhas, mas são para fins de comédia, então…não é importante. Se está esperando romance, nem pense em ler…é sobre trabalho antes de tudo! Acho que todo mundo tem que ler, desde adolescentes a idosos, sempre importante hein?

Por fim, se vocês se sentirem afim compartilhem suas experiências sobre essa inserção na sociedade adulta e no mercado de trabalho, se tinham essas mesmas dúvidas e como se sentiram com essa história, por favor!

Agora, para que todo mundo possa opinar, seguem os links!

EN-US: http://mangafox.me/manga/sora_no_shita_yane_no_naka/

Infelizmente, mais uma vez não consegui achar em português. Se vocês souberem de algum lugar, por favor comentem! Sinto muito pra quem não entende inglês, é uma pena.

Espero que algum scan traduza essa obra ou alguma editora publique ela aqui!

Obrigada por lerem e tenham um bom descanso no fim de semana!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s