Resenha: The music of Marie – A doce e cruel melodia da Deusa

fb

Olá, leitores. Hoje vamos falar desse mangá fantástico, que pode pegar vocês desprevenidos!

Título: Marieの奏でる音楽
Gêneros: Drama, fantasia, maduro, psicológico, seinen, romance, sci-fi
Roteiro: Furuya Usamaru
Ilustrador(a): Furuya Usamaru
Ano: 2001
Editora: Gentosha
Serializado em: Comic Birz (Gentosha)
Licenciado no Brasil? Não


the-music-of-marie-1995807Resumo: Essa é uma obra de verdadeira fantasia épica com ilustrações lindas. Em apenas dois volumes, o autor consegue criar uma atmosfera envolvente e uma história rica e interessante.

Neste mundo, a humanidade é observada pela deusa mecânica Marie, que pode ser vista vagando pelos céus. A musica de Marie trás harmonia e felicidade as pessoas. As pessoas não tem ambições de progredir ou avançar sua tecnologia.

A história centra no jovem Kai, que nutre uma profunda afeição por Marie. Sua jornada de esclarecimento o leva para dentro do grande corpo mecânico de Marie, onde ele descobre a inacreditável verdade sobre ela e o seu mundo.


O ínicio da leitura de Marie foi um pouco chato. A história não cativou grandiosamente como eu esperava dada a temática, e sim mostrou um desenvolvimento bem lento, com pouquíssimos momentos iniciais que colocam uma pulguinha na orelha do leitor dizendo: Algo está errado, mas isso não é motivo pra eu deixar de ler, acabei ficando foi mais interessada.

the-music-of-marie-1177988

Em mundo perfeito, onde não existem conflitos, algo parece mesmo fora do lugar não é?
Nessa leitura, você é apresentado a um mundo completamente mecânico, onde engrenagens e conhecimento produzem uma bela cidade que parece ser tudo que existe. Florestas petrificadas, igrejas de metal, deuses de ferro e ouro.

the-music-of-marie-1177968

Conhecemos o protagonista Kai, um garoto tranquilo e de boa conduta que tem uma audição perfeita e consegue ouvir até mesmo o som da criação e a música de Marie, que ninguém mais escuta, mas sempre toca. Ele sempre anda com Pipi, que é uma garota aparentemente sempre feliz, que fala de si mesma na terceira pessoa e é apaixonada pelo amigo.

the-music-of-marie-1177953

Marie, por sinal, é a divindade máxima do mundo, uma estrutura mecânica gigante que é cercada de mistérios que Kai quer desvendar, enquanto tenta entender seus sentimentos profundos e até sexuais por Marie.


O mangá carrega uma crítica importante. Se você já leu Marie, talvez concorde, mas se não leu, talvez queira pular essa parte.

O mundo não é mundo desde que Marie surgiu, antes de Marie havia o nosso mundo com muita cultura e tecnologia avançada, como conhecemos hoje. Só que o ser humano é ganancioso, traiçoeiro. Guerras sempre estiveram em nossas vidas, sendo grandes ou pequenas, a humanidade sempre disputou por terra e riquezas, até mesmo por outros seres humanos. Hoje vivemos uma onda de violência sem tamanho e quem sabe o que o futuro nos reserva? Política, religião, gênero, etnia…até posse de qualquer objeto interessante é motivo de conflito e morte. Um mundo assim não parece ter salvação, não é mesmo? Em The music of Marie, ela é a salvação.

11Durante a história escutamos do padre Gule, que também é bardo, contar sobre como o mundo foi inundado para que a humanidade toda fosse purificada e punida, bem como podemos lembrar sobre a bíblia com o seu dilúvio, e então o novo mundo surgiu, com Marie nos céus mantendo a humanidade pacífica, prevenindo que tenham desejos gananciosos que possam gerar conflitos e prevenindo também que a tecnologia alcance um nível preocupante.

A cada cinquenta anos, o planeta passa por uma confirmação de sua fé, quer dizer que em algum ponto a humanidade pode escolher ser liberta da canção de Marie e avançar sua sociedade, apesar de já terem tudo que precisam bem ali. Será que trocar a paz e harmonia por um mundo mergulhado em violência, porém, com toda tecnologia super avançada realmente vale a pena? Tudo está nas mãos de Kai, mas qual seria a escolha de vocês?

the-music-of-marie-1178231Definitivamente o mais incrível e surpreendente são os dois últimos capítulos, então mesmo se você não se sentir muito envolvido pela história desde o início, siga em frente, pois todas as partes dela ganham um grande significado depois.

Se você aí está procurando uma boa crítica aos tempos atuais, uma história tocante e maravilhosamente bem ilustrada, não deixe de ler The music of Marie, com certeza entra para a lista de melhores que já li nessa vida.

the-music-of-marie-1177969

Fiquem com os links para leitura e muito obrigada por acompanharem o blog! Obrigada também ao pessoal da Otanix, Otakuzone e Coisa de Otome lá do amino que acompanham meus blogs!

Leia aqui em PT-BR

30

Anúncios
Esse post foi publicado em mangá, Resenha e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s