Terças de Terror: Kouishou Radio

Oi, pessoal! Ainda sobrou alguma energia essa semana para umas histórinhas de meter medo? Bom, como disse antes é difícil algo me meter medo na hora, tem que ficar fermentando na minha cabeça e me deixar espiada, sabe? Como por exemplo quando você está andando pela rua deserta e tem a impressão que tem alguém te seguindo…na realidade isso dá muito medo, mas e se não tiver ninguém…só….alguma coisa? Well, eu acho bem melhor olhar pra trás e não ver nada, mas a sensação é de dar calafrio né?

Hoje eu li Kouishou Radio, do mesmo mangaká de Fuan no Tane e Fuan no Tane Plus e outras maravilhas, então espero que vocês fiquem arrepiadinhos aí 😉

Informações

Título original: 後遺症ラジオ
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 5 volumes PdO / 2 volumes, 31 capítulos online
Status: Andamento
Demografia: Seinen
Gêneros: Horror, sobrenatural
Mangaká: Nakayama Masaaki
Ilustração: Nakayama Masaaki
Ano: 2010
Editora Japonesa: Kodansha
Revista Japonesa: Nemesis

 

Sinopse

Uma coleção de histórias curtas que têm alguma ligação, utilizando algo muito comum para causar estranheza e desconforto nos leitores, seguindo a vida de diversos personagens envolto em acontecimentos bizarros relacionados a cabelo.

O medo está em coisas simples

Acho que em todo lugar existe um leque bem variado de divindades, mas quando se trata de inventar umas bem bizarras, acho que o Japão é o cenário perfeito. Kouishou Radio não é uma história realmente assustadora, mas se tu parar um segundinho e se imaginar na pele de qualquer um dos envolvidos, vai ficar com uma sensação ruim não é? Uma pena que a passagem rápida pelas histórias não permite uma imersão ou identificação grandiosa com qualquer personagem, estamos ali apenas assistindo o desenrolar das desventuras capilares deles.

Mais uma vez, usando de algo muito simples e comum em nossas vidas, medos que talvez nunca pensamos em ter e crenças simples que não parecem ter grande importância, o autor nos leva a uma viagem por um mundo cercado de espíritos malignos e Deuses antigos cheios de ira para distribuir para quem quer que os perturbe. É muito satisfatório que ao longo dos capítulos vamos ficando mais conscientes das pequenas coisas que se entrelaçam e geram uma trama maior, sempre envolvendo cabelo de alguma forma. Acho que o cabelo é realmente uma coisa perturbadora depois de ler esse mangá e vejo como ele sempre está presente em diversos filmes de horror, por exemplo o Grito e O chamado. Acho que até posso entender que o cabelo possa ser algo a parte que não está obedecendo sempre as leis do mundo dos vivos, mas claro que pesquisando um pouco podemos descobrir coisas interessantes sobre cabelos e o motivo de algumas religiões incentivarem crenças sobrenaturais sobre ele, tanto para o bem quanto para o mal.

Tendo escolhido temas simples e cotidianos é claro que o traço precisa ter um toque obviamente fora da realidade e isso é feito com sucesso, mas discrição. As expressões dos personagens tem uma leve onda de paranoia e medo e apesar de não ser uma história recheada de gore, o leitor pode sentir a violência dos atos sobrenaturais a partir do peso no traço e os olhares dos personagens que desempenham bem o seu papel de passagem para a alma de alguém, já que o medo e horror ficam óbvios, por isso o traço é um sucesso em nos afetar e dar o clima final a história.

Dito isso, espero que vocês confiram essas mini histórias e o que se pode descobrir uma vez que começamos a entender suas origens. Se leram Fuan no Tane, então podem gostar ainda mais de Kouishou Radio!

Nos vemos mais tarde nessa mesma semana, devoradores, então cuidado com aquele puxão de cabelo do nada 😉

Anúncios
Esse post foi publicado em Clube do Terror, Mangá, Resenha e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s