Terças de Terror: Killing Morph

Oi, pessoal! Mais uma terça e mais um mangá pra deixar todo mundo espiado! Essa semana resolvi trazer algo um pouco menos exagerado, mas ainda com seu toque diferenciado.

Para todos os fins, minhas provas na faculdade encerraram e daqui pra frente só tenho alguns trabalhos e em Dezembro, finalmente férias! Espero colocar leituras em dia e trazer obras mais longas pro blog, aproveitando que ainda não tenho um emprego e sobra mais tempo 😛

Informações

Título original: 殺戮モルフ
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 1 volume PdO, 5 capítulos online.
Status: Andamento
Demografia: Seinen
Gêneros: Horror, mistério, psicológico, maduro.
Mangaká: Koike Nokuto
Link do mangá no Anime-Planet

Sinopse

Após um massacre nas ruas de Ikebukuro, todas as testemunhas começam a apresentar sintomas típicos de estresse pós-traumático, mas não parece que são apenas ilusões. Madoka é uma das jovens que testemunhou todo o ocorrido e agora fica vendo o assassino em vários lugares, mesmo que ele esteja sob custódia da polícia.

Engenhoso e violento

Killing Morph me atraiu por essas duas características. A história não me parece ser a mais complexa de todas, mas ela é engenhosa e sabe manter o seu leitor interessado, chocado e curioso. Um assassino que continua a cometer crimes grotescos mesmo quando está sob custódia da polícia é algo que te faz pensar, ou seja, este mangá te leva a brincar de detetive também. A jovem Madoka, que já é uma personagem com características preocupantes para uma garota em idade escolar, acredita firmemente que o assassino está mesmo em vários locais ao mesmo tempo, mas também sabe que pode estar ficando louca e tendo alucinações vívidas. O roteiro dessa obra ainda está em sua fase inicial, mas se tudo continuar com esse toque, temos uma promessa de um grande trabalho aí.

Durante a leitura, entre os capítulos, podemos encontrar citações de outros grandes serial killers, como Ted Bundy, Peter Kürten e Ian Brady. Esse detalhe durante os capítulos faz o leitor que já está familiarizado com as histórias destes criminosos a sentir uma repulsa num primeiro momento, mas durante minha leitura essas poucas palavras tiveram um significado maior, o ponto de vista destes monstros que de fato, estão em todo lugar. Só posso esperar que no futuro o mangá seja desenvolvido com essa mesma pegada, assustadoramente levando o leitor a compreender em algum nível, ainda que superficial, a mente de um serial killer.

Espero que possamos descobrir o desfecho dessa história em breve e espero que tenham gostado do meu parecer sobre esse mangá. Enquanto mais capítulos não saem, recomendo dar uma passeada por outras obras do autor. Eu mesma vou fazer isso e ver se acho mais alguma coisa para trazer para o blog!

Até o próximo post, devoradores!

Anúncios
Esse post foi publicado em Clube do Terror, Mangá, Resenha e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s