Resenhando: 7 seeds

Oi, galera! O fim do ano chegando, o calor aumentando e a minha vontade de ler sendo consumida pelas chamas azuis do calor que tanta gente gosta, não sei como. Eu não tenho AC, então esperem menos leituras até o inverno chegar~

O papo de hoje é sobre um mangá absurdamente lindo em diversos sentidos. Me emocionou tanto e me causou tanta reflexão que eu fiquei quase duas semanas pensando em como poderia resenhar ele. Prefiro quando eu sou mais objetiva, mas faz parte da leitura nos cativar, não é mesmo? Vou tentar não bagunçar esse texto sobre a minha experiência com 7 seeds e claro, te deixar com vontade de ler também!

Informações

Título original: セブン シーズ
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 35 volumes, 178 capítulos
Status: Completo
Demografia: Josei
Gêneros: Ação, aventura, drama
Mangaká: Tamura Yumi
Ilustração: Tamura Yumi
Ano: 2001
Editora Japonesa: Shogakukan
Revista Japonesa: Betsucomi e Flowers
Link do mangá no Anime-Planet

Uma nova chance para agarrar com unhas e dentes

7 seeds não é um survival battle. Por sinal, esqueça qualquer coisa que você já viu sobre esse tipo de plot que vou falar a seguir, 7 seeds passa outra mensagem através de sua história e não é como nada que tu já tenha lido (a menos que já tenha lido esse mangá, hehehe).

Muitos e muitos anos atrás foi cientificamente calculado que um meteoro iria atingir a Terra em um evento de nível de extinção de tudo que há em sua superfície. Sabendo disso alguns bons anos antes do fato ocorrer, todos os governos do mundo prepararam medidas variadas sem alertar a população. Construíram abrigos, tentaram preservar o ecossistema de diversas formas e claro, a humanidade. Apenas dois destes projetos mostraram uma diferença grande dentre as outras medidas esperadas na situação. O projeto 7 seeds, reuniu grupos de jovens diferentes pelo mundo todo, saudáveis e selecionados por diversos motivos e habilidades que julgaram serem necessárias para o futuro da raça humana. Esses jovens foram colocados em um sono criogênico até que um dia o planeta fosse habitado. Cada grupo de sete jovens também conta com um guia adulto que tem o dever de guiá-los no novo mundo e tomar as medidas que precisarem caso o planeta ainda não seja habitável ou tenha se tornado apenas como naquele filme After earth, onde tudo foi redesignado para aniquilar humanos. Claro, dentre os grupos de pessoas comuns que não faziam a mínima ideia do que iria acontecer (é, sequestradas pelo governo ;)), existe um grupo de elite treinado especialmente para sobreviver e avançar, para poder guiar os ‘civis’ e controlar seu comportamento caso necessário. Armados de pistolas e muito pensamento lógico, com habilidades óbvias que excedem as dos outros grupos, esse pessoal se chama Time Verão A, enquanto os times verão B, inverno, primavera e outono são compostos por pessoas sem treinamento militar de ponta.

Cada grupo acordou em épocas diferentes e cada um deles passou por diversas situações no planeta na tentativa de explorá-lo e viver ali, afinal, ainda era o planeta Terra mesmo que seu comportamento, plantas e animais não sejam nada como o que temos hoje. Essa é uma história de pessoas simples que nunca souberam os últimos momentos de seus pais ou amigos e foram colocados em um sono profundo por sabe-se lá quanto tempo, até que tiveram que sair por aí sobrevivendo apenas com sua força de vontade e com sorte, alguém no grupo com conhecimentos sobrevivencialistas. Nada é garantido, esses adolescentes ficam a mercê de como o mundo é agora, sem saber o que aconteceu direito, muito menos para onde ir. Muita tragédia, morte e momentos de emoções a flor da pele compõem o roteiro desta história maravilhosa que foi publicada durante dezesseis anos.

Como eu disse antes, este não é um mangá de sobrevivência como você está habituado a ler.

Os jovens escolhidos aos poucos descobrem que possuem todo tipo de habilidade. Um jogador de baseball, uma arquiteta, uma dançarina tradicional, um samurai dos tempos modernos, uma garota extremamente boa em japonês e até um garoto esquisitinho apaixonado por leis. Percebe-se que a intenção do projeto era enviar ao futuro jovens que poderiam restaurar a civilização uma vez existente. Enquanto eles viajam, se separam e se encontram em um local onde um erro pode acabar com sua vida e a de outros, também precisam lidar com o crescimento forçado, o terror de um mundo novo e as dificuldades impostas em sobreviver diariamente da noite pro dia.

Eu poderia ficar aqui falando e falando sobre o drama, a emoção e o sentimento, mas vou parar por aqui dizendo que eu nunca li algo tão intenso, nem mesmo do Inio Asano. É estupendo, é bruto, é real.

Os personagens em 7 seeds também são muitos e devo dizer, todos eles tem um papel, mesmo que seja encontrar um fim amargo. Enquanto exploram o mundo, grupos se juntam e se separam sabendo que podem nunca se ver novamente e temos no centro de tudo isso, diversos dramas do passado envolvendo o time de elite (verão A), assim como para os fãs do mais puro romance, pode-se acompanhar os personagens Arashi e Hana, um casal de namorados muito apaixonados que foram mandados para o futuro em grupos separados. Absolutamente todos os personagens desse mangá tem seu momento de brilhar ao Sol, alguma sabedoria a passar ou sacrifício a fazer. Todos tem aquele sentimento de serem reais, possíveis de se identificar em algum nível e todos evoluem de alguma forma, superando medos, conflitos e o passado.

Quanto a qualidade do plot com tantos personagens, não tema. O leitor passa um tempo com algum grupo, depois com outro e assim vai até que inevitavelmente chegue em seu clímax. Se eles irão formar um grupo só ou se separar por conta da geografia ou ideais, basta ler pra saber, mas é garantido que você vai sentir saudades de um grupo ou imaginar onde eles estão enquanto acompanha outro e sentir um aperto no coração toda vez que você não sabe se vão se ver novamente.

Enquanto um lado meu quer gritar para que todo ser humano leia essa obra-prima que tem tanto a passar para nós nos tempos atuais mesmo depois de tantos anos de seu final, vou apenas seguir esse papo falando sobre a arte.

Muitos artistas evoluem seu traço ao longo da criação de um mesmo mangá. Vamos muito isso especialmente nos mangakás de histórias famosíssimas e em 7 seeds não foi diferente (é uma história super aclamada de sua demografia). Os cenários são de tirar o fôlego e os personagens são desenhados de forma selvagem e nisso quero dizer com movimento, graça, raiva, amor, garra, solidão e tudo que pode-se imaginar. O traço dos personagens em boa parte da obra não é da estética padrão que estamos acostumados, mas é ruim? Nem um pouco. Deixa a desejar? Não. É uma arte tão intensa quanto seu roteiro, ambos se completam e caminham juntos e isso minha gente, é impagável. Em um mundo cruel e inexplorado pela humanidade, o traço dá um contraste com a delicadeza que é o ser humano, estar vivo e o quão breve isso é.

Se quiser ficar sem palavras depois de acompanhar as vidas de tantos jovens desbravando um planeta Terra completamente diferente do anterior e descobrindo em si o que é necessário para viver para ver um novo nascer do Sol, corra agora pra ler essa maravilha chamada 7 seeds. Porque isso não foi licenciado ainda? Eu não sei, mas espero que em breve possa ter esse mangá na minha estante.

Vejo vocês na próxima postagem!

Esse post foi publicado em Mangá, Resenhando e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Resenhando: 7 seeds

  1. Savioooo disse:

    Oi,queria saber por onde vc leu, eu n to me aguentando de saber se o arashi vai encontrar ela ou nao, mas todos os sites q eu vou so tem ate o cap 8, poderia me dizer se conhece algum site q n seja em ingles? Obg.

    Curtir

  2. Savio disse:

    Obg, sou muito seu fã e acompanho sempre o seu blog. ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s