Primeiras impressões: Kamige tte Souiu Koto desu ka

Olá, devoradores! Hoje vamos falar do novo mangá da Hirose Madoka! Como ele está bem no comecinho vou deixar as minhas primeiras impressões com essa leitura.

Um pequeno aviso: O mangá é yuri e contém uma quantia considerável de cenas com lingerie e um pouco de nudez. Claro, as imagens dessa postagem não conterão nada disso.

Informações

Título original: 神ゲーってそういうことですか
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 1 volume +, 6 capítulos +
Status: Andamento
Demografia: Seinen
Gêneros: Comédia, yuri
Contém: Ecchi
Mangaká: Hirose Madoka
Ilustração: Hirose Madoka
Ano: 2019
Editora Japonesa: ASCII Media Works
Revista Japonesa: Dengeki Maoh
Link do mangá no Anime-Planet

Vamos fazer um jogo!

Então galera, Kamige tte souiu koto desu ka tem um plot super simples: Algumas deusas estavam se sentindo solitárias em seus domínios e decidiram fugir e se juntar em um só local: uma empresa que lida com games sociais! Sabe? O velho e salgado gacha game. Claro que uma empresa de games precisa de uma ilustradora e por isso a humana Senoo Anna foi contratada de forma inesperada para o trabalho mais difícil e diferente que ela já viu!

As deusas e Anna criam um gacha game chamado Valkyria Saga e o mangá se passa enquanto elas vão desenvolvendo seu jogo, com um clima leve e muitas cenas ecchi. Claro, o mangá é yuri, então o leitor já sabe o que esperar dessas cenas. Fora isso, a história reflete consideravelmente bem os percalços de se criar um jogo mobile e as necessidades que os desenvolvedores frequentam e faz isso com muita comédia e uma boa dose de frustração, afinal, é difícil fazer as deusas pegarem no tranco e pararem de ser extremamente preguiçosas e procrastinadoras.

Pra quem não conhece a autora, super recomendo iniciar essa leitura que também está no comecinho e experimentar. Ainda essa semana trarei outra obra dela pra cá, mas uma completa.

E pra quem se preocupa bastante com a arte, não tema! A arte de Kamige é moe e bem ilustrada eu diria 99% das vezes, afinal, somos todos humanos e às vezes o desenho não sai tão legal para o ponto de vista de muitas pessoas.

No geral as minhas primeiras impressões gerais da história e arte são boas, é só um pouco frustrante ler sobre uma pessoa que trabalha de verdade e um bando de folgadas, mas tudo dá certo no final e cada Deusa mostra sua habilidade especial para ser útil na empresa.

Se tu quer experimentar um mangá yuri bem leve, bem engraçado e sobre games, então se liga em Kamige, comece a ler agora enquanto tem apenas seis capítulos e depois vem me contar o que achou!

Esse post foi publicado em Mangá, Primeiras impressões, Resenha e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s